A GRANDE HORA.

Quarta-Feira, dia 04 de Junho de 2008. Esse dia já faz parte da história do Fluminense, independentemente do que aconteça é um dos jogos mais importante desses mais de 100 anos tricolor.

Fluminense e Boca Juniors. De um lado o Tricolor com melhor campanha na libertadores, jogará ao lado de sua fanática torcida, embalado após a heróica vitória sobre o São Paulo. Do outro o Boca com a raça argentina, a frieza de um clube que já conquistou três Copa Libertadores em cima de clubes brasileiros, não se intimida em jogar fora de casa e com o maior craque das Américas: Riquelme. O que se esperar de um jogo como esse?  Espetáculo. Tanto dentro como fora das quatro linhas.

Não, este que vos fala não torce para o Fluminense mas sim para o maior rival Flamengo. Então porque falar sobre esse jogo? Simples, por muitos anos o que mais se escutou foram críticas ao futebol carioca, muito chegaram a dizer que etava falido. Mas taí a resposta: o Fluminense caiu no, considerado por muitos, grupo da morte da Libertadores, faz uma campanha impecável e chega ao jogo contra o Boca como favorito após um heróico empate na Argentina.

Agora eu pergunto a imprensa paulista, que tanto faz questão de menosprezar o futebol carioca: Quantos clubes de São Paulo estão nessa fase final da libertadores? Quem eliminou o São Paulo nas Quartas-de-Finais? Quais foram os últimos dois campeões da Copa do Brasil?

Falavam que o Rio só ganhava a Copa do Brasil porque os clubes de São Paulo disputavam a Libertadores, e agora digo o mesmo: Corinthians e Sport só estão na final porque os principais clubes cariocas estavam disputando a competição continental.

Não quero tirar o mérito dos times paulistas ou do Sport, muito menos dizer que clubes do Rio são melhores do que os de São Paulo. Mas eu quero mostrar que o futebol Carioca nunca acabou, tivemos anos difíceis, dirigentes mal preparados que acabaram levando os clubes ao fundo do posso, porém agora o futebol do Rio está renascendo, soubemos esperar e aos poucos buscar nosso espaço. Espero que a imprensa de mais espaço ao futebol carioca, estou cansado de ligar a televisão e ouvir só falarem de clubes paulistas, claro com exceção doo programa Jogo Aberto RIo apresentado pelo grande José Carlos Araújo. Desculpem pelo desabafo.

Voltando ao espetáculo de quarta, mais uma vez pegarei frases do genial Nelson Rodrigues:

Em homenagem ao post do meu amigo Marlon, Um Fluminense e São Paulo para sempre:

“O Fluminense é o único time tricolor do mundo. O resto são só times de três cores”. 

Nelson Rodrigues

Para a fanática torcida Tricolor:

“Tricolores:vivos ou mortos, saiam de suas casas ou tumbas. Chegou a grande hora”

Nelson Rodrigues

Essa última frase sem dúvida é de arrepiar até mesmo quem não é tricolor. Agora só para esclarecer: como carioca torcerei para o flu mas como Rubro Negro irei secar até o último minuto. Desejo sorte ao Fluminense e que vença o melhor. Desde já os parabéns pela bélissima Libertadores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s