ADEUS, KOBE

Quando cursava o ensino médio no Colégio Pedro II tinha o costume de ler a edição do diário esportivo LANCE! O jornal rodava toda a sala de aula e os principais assuntos eram debatidos em uma espécie de rede social da época. Particularmente, eu gostava muito das capas e matérias marcantes. Colecionei várias, chegando a ter uma caixa cheia de jornal antigo.

No domingo (26/01), quando soube da morte do Kobe Bryant, logo me veio à memória uma das matérias mais marcantes sobre basquete que tinha lido no LANCE! O título ficou marcado: Kobe Brylhant. Simples e direto. O trocadilho perfeito. Como eu queria ter aquele jornal em mãos hoje. Foi ali que conheci um cara que passei a acompanhar, gostar e que me fez torcer pelo Lakers.

Nunca fui muito de acompanhar jogos de basquete pela TV. Quando era mais novo não tinha acesso à TV a cabo, onde eram transmitidas as partidas da NBA, e pouquíssimas partidas passavam na TV aberta. A internet discada também não ajudava. Mas era impossível ficar alheio àquela lenda que surgia na época. Kobe marcou uma geração, a minha geração, assim como seu ídolo Michael Jordan.

E é por isso que nesse dia tão triste não podemos de prestar essa homenagem a um dos maiores jogadores de basquete de todos os tempos.

Obrigado, Kobe. Descanse em paz!

Diga para gente o que achou

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s